Doença em que o paciente apresenta perda involuntária de urina (não consegue segurar ocorrendo um escape de urina). Pode acometer homens e mulheres , porém mais freqüente nesta última.

Existem dois padrões de incontinência urinária : a incontinência de urgência ( o paciente necessita urgente e repentinamente correr ao banheiro para urinar , muitas das vezes ocorrendo as perdas , aumento de freqüência urinaria diurina e/ou noturna). Incontinência de esforço em que as perdas ocorrem ao tossir , espirrar e esfossar-se.

Este tipo de condição causa grandes transtornos ao paciente impactando negativamente em sua qualidade de vida , muitas vezes afastando o paciente de seu convívio social .

Entre os fatores de risco para seu aparecimento estão o numero de partos (multiparidade) , menopausa , obesidade , doenças pulmonares cônicas e pós-prostatectomia radical (câncer de próstata)

Para o tratamento da urge-incontinência indica-se o tratamento com anticolinérgicos associados ou não a eletroestimulação (fisioterapia) , toxina botulínica.

Para a Incontinência por esforço recomenda-se o tratamento cinesioterápico (fisioterapia) ou a cirurgia de colocação de sling (faixa de tecido sintético ou do próprio paciente) por via vaginal.

Marcar consulta
Precisando de ajuda?
Olá, como posso te ajudar?
Deseja prosseguir com um agendamento?
Powered by